Casa de Estudos Brasil-África comemora Dia Mundial da África

O Dia Mundial da África comemora-se nesta quarta-feira, 25 de maio de 2016. A data evidencia a luta dos povos africanos por sua independência, além das riquezas artísticas, culturais e gastronômicas do continente. Com o objetivo de celebrar este dia e homenagear os afrodescendentes da Universidade Federal do Pará (UFPA), a Casa de Estudos Brasil-África, vinculada à Pró-Reitoria de Relações Internacionais (Prointer), promoveu a exibição do filme Uma Lição de Vida. O evento ocorreu no Laboratório de Antropologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), da UFPA.

A data é um evento anual promovido pelas Delegações Africanas Permanentes perante a Unesco, criado pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1972, com a proposta de aumentar a visibilidade da África. Outro objetivo é tornar a ocasião propícia para se organizar conferências e debates sobre o combate aos preconceitos, e das influências desse continente na história e na cultura brasileira.

Uma Lição de Vida - O longa-metragem, lançado em 2010, é o relato de um acontecimento real e singular que ocorreu numa pequena comunidade em um dos países mais pobres do mundo, o Quênia. A direção é do inglês Justin Chadwick.

O filme conta a história de um senhor de 84 anos que foi prisioneiro durante a luta de independência do Quênia e tem o antigo desejo de ser alfabetizado. No início dos anos 2000, o governo do Quênia lançou a campanha “Educação para Todos”, programa que visava levar todas as crianças para a escola. Kimani Maruge, personagem principal interpretado pelo ator Oliver Litondo, usa o slogan político para lutar pela realização de seu sonho.

Década dos Afrodescendentes - Proclamada em Assembleia Geral da ONU, a Década dos Afrodescendentes ocorre entre 2015 e 2024. A Década é uma oportunidade única de apoiar o Ano Internacional de Povos Afrodescendentes, observado pela comunidade internacional em 2011.

O período também destaca a importante contribuição dos afrodescendentes para o mundo e propõe medidas concretas para promover a sua plena inclusão, o combate ao racismo, à discriminação racial, à xenofobia e à intolerância.

Texto: Edielson Shinohara - Assessoria de Comunicação da UFPA.
Fotos: Alexandre Moraes e Reprodução/Google

Publicado em: 25.05.2016 18:00

 

Prédio da Reitoria - 3° andar Rua Augusto Corrêa - Guamá 66075-110 Belém, PA, Brasil Tel.: (91) 3201-7211 - prointer@ufpa.br